Saúde abre agendamento de vacina contra Covid para novos grupos

0
Foto: Prefeitura de Campinas

A Secretaria de Saúde abre nesta quinta-feira (10) a partir das 17h o agendamento para vacina contra Covid-19 para trabalhadores da educação a partir de 18 anos e pessoas com deficiência permanente com 18 anos ou mais, independente de serem ou não beneficiárias do BPC (Benefício de Prestação Continuada).  

O agendamento deve ser feito preferencialmente pelo site http://vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160. Pessoas que tiverem dificuldade em marcar o horário podem procurar seu Centro de Saúde de referência para ajuda. Não serão atendidas pessoas sem horário marcado.  

A maior parte das vagas estará disponível para a partir de 15 de junho, mas é possível conseguir agendamento para antes disso, se houver desistências.

Pessoas com Deficiência Permanente  

São consideradas deficiências permanentes graves para a vacinação a: limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas; e pessoas com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir, enxergar ou com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola e brincar.  

No dia marcado, as pessoas com deficiência permanente devem levar uma comprovação de sua condição. Valem laudo médico que indique a deficiência; ou comprovação de atendimento em Centro de Reabilitação ou unidade especializada; ou documento oficial com indicação da deficiência; ou cartões de gratuidade do transporte público. Na impossibilidade dos documentos acima, é necessário apresentar uma autodeclaração (confira em vacina.campinas.sp.gov.br

Também é necessário levar um documento de identidade com foto, comprovante de endereço e comprovante emitido no final do agendamento (pode ser no celular).

Trabalhadores da Educação  

Os profissionais de educação a partir de 18 anos, antes de agendar a imunização, deverão fazer o pré-cadastro no site do Vacina Já no link https://vacinaja.educacao.sp.gov.br. O pré-cadastro passará por um processo de análise, definido pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e, se for validado, o profissional receberá em seu e-mail o Comprovante Vacina Já Educação.

Este documento comprova a elegibilidade para a vacinação e terá um QRCode para verificação de autenticidade.  As vacinas serão disponibilizadas para toda a equipe da Educação que trabalha em Campinas, como diretores, supervisores, professores, cozinheiras, faxineiras, porteiros, entre outros. Somente na rede municipal de educação, atuam 3.990 trabalhadores entre 18 e 44 anos – a vacinação para profissionais do setor de 45 anos ou mais já havia sido liberada.  

Quando forem se vacinar, os profissionais devem levar esse comprovante com o QR Code, além do documento de identidade com foto e CPF e os dois últimos holerites de 2021 mostrando que trabalham em uma escola de Campinas. Os documentos devem ser levados preferencialmente impressos.

(Prefeitura de Campinas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor,deixe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui