Com 100% de UTIs ocupadas, Valinhos anuncia novas restrições

0
Foto: Divulgação/Prefeitura

Com 100% de ocupação de UTIs e enfermarias e aumento de internações de pacientes com suspeita ou confirmação de infecção por Covid-19, a cidade de Valinhos anunciou novas medidas restritivas, válidas a partir desta sexta-feira. As novas determinações, que se somam às da Fase de Transição do Plano São Paulo, visam principalmente a combater festas clandestinas e aglomerações.

As medidas, anunciadas pela prefeita, Capitã Lucimara (PSD), incluem redução de atendimento presencial de 40% para 25% em estabelecimentos comerciais, proibição de venda de bebida alcoólica após as 20h em todos os estabelecimentos, incluindo bares, restaurantes, supermercados e lojas de conveniência, instalação de barreiras sanitárias e repressão a festas clandestinas. Também serão mobilizadas forças-tarefa da Guarda Municipal, Vigilância Sanitária e departamento de Trânsito do município para fiscalizar o funcionamento de bares – que não poderão oferecer atendimento presencial se não possuírem alvará para funcionar como restaurantes (veja detalhes abaixo).

Permanecem as multas de R$ 186,58 pelo descumprimento do uso de máscaras ou do toque de recolher (das 21h às 5h, exceto aos que estão em deslocamento para atividades profissionais), e de R$ 4.664,50 aos responsáveis pela realização de eventos que gerem aglomerações e aos comerciantes que vendam bebidas alcoólicas após as 20h.

Na última semana, de acordo com dados atualizados nesta sexta-feira (11), Valinhos teve aumento de ocupação de UTIs de 17,96% – considerando-se os dois hospitais da cidade, e de 42,36% em enfermarias – incluindo leitos do SUS (Sistema Único de Saúde). Uma nova reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento contra a Covid-19 está prevista para a próxima terça-feira (15) para avaliar as novas ações e, se necessário, estudar outras medidas. Na terça-feira (15), uma reunião entre os prefeitos da Região de Campinas discutirá protocolos regionais que poderão ser adotados pelas cidades.

Vacinação

Segundo a Prefeitura do munícipio, Valinhos tem se destacado entre as cidades da Região como uma das que mais vacinam proporcionalmente ao tamanho da população. Segundo dados desta sexta-feira (11), 37.503 valinhenses foram vacinados com a 1ª dose (28,6% da população) e 15.596 com a 2ª dose (11,89%), totalizando 53.099 doses aplicadas.

SAIBA MAIS

Fase de transição até 30 de junho, com medidas mais restritivas em Valinhos     

  • Shoppings e lojas de rua: atendimento das 6h às 21h, com público limitado a 25% da capacidade total e proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20h
  • Cultos, missas e outras atividades religiosas coletivas: com distanciamento e controle de acesso.
  • Restaurantes e lanchonetes: das 6h às 21h, com 25% da capacidade total e proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20h (somente atendimento em mesas, com protocolos de distanciamento; proibido atendimento em balcões).
  • Salões de beleza e cabeleireiros: das 6h às 21h, com 25% da capacidade total e proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20h
  • Cinemas, teatros, museus, eventos e convenções: das 6h às 21h, com controle de acesso, público sentado, assentos marcados, 25% da capacidade total e proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20h
  • Academias, clubes e centros esportivos: das 6h às 21h, apenas para atividades físicas individuais agendadas, com 25% da capacidade total e proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20h
  • Parques públicos: das 6h às 18h, com limitação de 25% da capacidade total
  • Bares não estão liberados para ter atendimento presencial, mas podem operar como restaurantes (público sentado, serviço de alimentos para acompanhar bebidas) – neste caso, devem seguir as regras de restaurantes
  • Teletrabalho para Serviços Administrativos não essenciais.
  • Toque de Recolher das 21h às 5h

(Fonte: Prefeitura de Valinhos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor,deixe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui