Frente de Prefeitos define compra de insumos médicos para ajudar hospitais

0
Foto: Agência Brasil

A primeira aquisição do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, o Conectar, criado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), irá abastecer a rede de saúde dos municípios consorciados com insumos médico-hospitalares essenciais. A definição ocorreu em encontro da Câmara Técnica de Compras Públicas Compartilhadas na semana passada, que estabeleceu prazos e ações a serem cumpridos antes da publicação do edital de licitação, prevista para 12 de julho.

A câmara é composta por farmacêuticos e enfermeiros de Campinas, Belém, Recife, Florianópolis, Aparecida de Goiânia e Palmas e será responsável por atividades como avaliação de amostras dos produtos e documentações técnicas.

A licitação é composta a partir dos resultados de pesquisa realizada no mês de abril com 598 municípios consorciados. A pesquisa detectou sinais de desabastecimento de itens básicos, por conta da alta demanda em toda rede assistencial gerada pela pandemia da Covid-19. Foram identificados os três principais itens em escassez nas ações de enfrentamento à doença: agulhas, seringas e equipamentos de proteção individual (EPI) para os trabalhadores.

Como resultado foram elencados doze itens com altos índices de consumo em municípios com diferentes estruturas assistenciais e portes populacionais. Um levantamento subsequente identificou as quantidades necessárias destes itens mais escassos, chegando no quantitativo final da licitação. A expectativa é que os insumos que serão disponibilizados aos municípios que aderirem ao processo licitatório cheguem a atender cerca de 60 milhões de pessoas em todo Brasil.

A gestão municipal deve se atentar às orientações que serão disponibilizadas pelo Conectar aos responsáveis técnicos municipais ao longo do mês de julho. O objetivo é que as equipes técnicas estejam aptas a operar os sistemas de adesão de forma coordenada com o processo licitatório, que tem sua homologação prevista para o início de agosto.

(Com informações da FNP)

A Câmara Técnica de Compras Públicas Compartilhadas (CTCP) do Consórcio Conectar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor,deixe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui