Manifestantes protestam contra Bolsonaro no centro de Campinas

0
Manifestantes participam de protesto contra Bolsonaro no Centro de Campinas (Foto: RadarC)

Milhares de pessoas foram às ruas em várias cidades e capitais do país na manhã deste sábado (2) protestar contra o governo de Jair Bolsonaro. Em Campinas, a “Campanha Fora Bolsonaro” reuniu centenas de pessoas no Largo do Rosário, região central da cidade.

Portando faixas e cartazes, os manifestantes pediam o impeachment do presidente, mais vacinas para a população, mudanças na política econômica do governo, ampliação das políticas de combate à fome, mudanças na reforma administrativa, entre outros temas. A maioria usava máscara de proteção contra a Covid-19 e a manifestação aconteceu de forma pacífica.

O protesto começou no Largo do Rosário por volta de 9h, e depois os manifestantes seguiram pela Avenida Francisco Glicério, que teve três faixas interditadas, até o Largo do Pará. O ato foi acompanhado pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e Polícia Militar (PM).

Por volta de 12h, a avenida foi liberada e alguns grupos partiram para a Avenida Paulista, na capital, onde à tarde será realizado outro protesto no trecho próximo ao Museu de Arte de São Paulo.

A Campanha Fora Bolsonaro é composta pelas Frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, os partidos da oposição, como PSOL, PT, PCdoB, PDT, PSB, PV, PCB, PCO, PSTU, Rede, Solidariedade e Cidadania, movimentos sociais, entidades, artistas e personalidades.

No Brasil

Pela manhã, foram registradas manifestações na cidade do Rio de Janeiro, de Salvador, Fortaleza, Belém, Boa Vista, Maceió e Goiânia.

No Rio de Janeiro, os manifestantes se concentraram cedo, na Candelária, que teve parte das pistas da Avenida Presidente Vargas interditada, nas proximidades da Igreja da Candelária. Em seguida, com faixas e cartazes as pessoas saíram, em caminhada, pela Avenida Rio Branco até a Cinelândia, onde foi montado um palanque para os discursos.

Em Salvador, a concentração dos manifestantes ocorreu na Praça Campo Grande. Depois, eles saíram em caminhada, passando por ruas do centro histórico da capital baiana, até a Praça Castro Alves, onde foi realizado um evento cultural e discursos de líderes de várias entidades e partidos políticos.

A Praça da Bandeira, em Fortaleza, foi o local escolhido pelos organizadores para o protesto contra o governo na capital cearense. Os manifestantes portavam cartazes e faixas. A Polícia Militar acompanhou toda a movimentação das pessoas que participavam da passeata.

Também registradas manifestações Goiânia, Belém, Boa Vista e Maceió e em dezenas de cidades de vários estados. A maior dos protestos está prevista para a parte da tarde. O principal deles ocorrerá na cidade de São Paulo. Já em Brasília o ato está programado para começar às 15h30. Vias públicas serão interditadas a partir das 13h.

(Com Agência Brasil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor,deixe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui