A dupla brasileira Rodrigo Luppi/Maykel Justo #421 foi vice-campeã nos UTVs da edição 2021 do Rally do Marrocos, encerrada nesta quarta-feira, na África, que reuniu competidores de peso da modalidade, inclusive campeões do Dakar. Luppi é de Vinhedo e Justo de Taubaté. Foram mais de 2.600 km pelo deserto repletos de adversidades e obstáculos como areia, dunas, muitas pedras, erosões, rios secos durante seis dias, mas a dupla levou o Brasil para o pódio.

Os brasileiros se superaram na estreia no rali, competindo pela categoria T4, inclusive venceram a 2ª etapa na geral, disputada no domingo (10/10). No penúltimo dia (12/10) estavam em 3º na geral e, nessa última Especial – a mais curta do rali com 167 km de trechos cronometrados – completaram na 5ª posição e conseguiram subir para 2º no ranking geral.

“A 5ª Especial foi bem dura também, apesar de curta mas com bastante trechos de areia, dunas e muitas pedras, o que mais tem no Marrocos. Imprimimos um ritmo bom, mas optamos em poupar o equipamento, fazer a nossa prova e a estratégia deu certo, garantimos o 2º lugar e estamos muito felizes com o resultado”, explica Luppi, que pilotou um Can-Am Maverick XRS, preparado pela South Racing.

Rodrigo Luppi e Maykel Justo são vice-campeões do Rally do Marrocos 1
Luppi/Justo são vice-campeões do Rally do Marrocos 2021, nos UTVs (Foto: @mchphotocz)

Sobre o nível técnico do rali, o piloto afirma que o aprendizado e a evolução foram bem significativos. “Certamente foi um mini Dakar, tanto que as grandes equipes vêm para cá para fazerem ajustes no equipamento e esse foi nosso objetivo também. Estou exausto, o rali mais difícil que fiz na vida, por outro lado, conseguimos achar o nosso ritmo e identificamos que estamos no nível dos ponteiros de uma etapa do mundial. Realizados por completar essa prova com êxito”, completa Luppi, que é de Vinhedo.

Mesmo com 10 edições do Dakar no currículo, Justo elogiou a prova. “Um rali sensacional, a primeira vez que participo e o nível técnico me surpreendeu. A Especial de ontem (etapa 4), por exemplo, foi uma das mais duras que naveguei em toda a minha trajetória no off-road. Saímos daqui com dever cumprido e o estou mais realizado, ainda, em ver o Rodrigo emocionado com nosso resultado de vice-campeões”, conclui o navegador de Taubaté.

A próxima competição internacional da dupla será em dezembro no Hail Rally e depois em janeiro, o Rally Dakar, ambos na Arábia Saudita.

Alguns dos campeões do Rally do Marrocos 2021 foram: Nasser Al-Attiya/Matthieu Baumel (Carros/FIA), Aron Domzala/Maciej Marton (UTVs), Pablo Quintanilhas (Rally GP), Mason Klein (Rally 2), Patrick Prot/JeanTheuriot (Open Auto), G. Zuurmond (Caminhões) e resultados completos no https://rallyemaroc.com/    

A dupla Rodrigo Luppi/Maykel Justo conta com patrocínio da Minuano Petróleo e Nova Canabrava Bioenergia com apoio da South Racing. Para acompanhar a aventura dos brasileiros no Rally do Marrocos: Instagram @minuanorallyteam

Resultado Final Rally do Marrocos (após cinco etapas) – 13/10
UTVs (T4 – cinco primeiros)

1) #403 Aron Domzala/Maciej Marton (Polônia) -18h12m12s
2) #421 Rodrigo Luppi/Maykel Justo (Brasil) – 18h19m06s
3) #402 Eugenio Amos/Paolo Ceci (Itália) –  18h26m01s
4) #401 Kees Koolen/Mirjam Pol (Holanda) – 18h55m15s
5) #408 Rokas Baciuska (LTU) /Mena Oriol (ESP) – 19h03m08s

Resultado Rally do Marrocos – Etapa 5 (13/10)
UTVs (cinco primeiros)

1) #403 Aron Domzala/Maciej Marton (Polônia) – 1h51m49s
2) #408 Rokas Baciuska (LTU) /Mena Oriol (ESP) – 1h52m45s
3) #407 Marek Goczal/ Rafal Marton (Polônia) – 1h55m39s
4) #400 Austin Jones (EUA)/ Gustavo Gugelmin (Brasil) – 1h56m28s
5) #421 Rodrigo Luppi/Maykel Justo (Brasil) – 1h56m58s

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor,deixe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui