Saúde abre cadastro da vacina a pessoas de 30 anos nesta terça (20)

0
Foto: Governo de SP

A Secretaria de Saúde vai abrir às 10h desta terça-feira (20), o agendamento para pessoas a partir de 30 anos serem vacinadas contra a Covid-19 em Campinas. Os demais grupos já contemplados, como profissionais da educação acima de 18 anos, pessoas com comorbidades com 18 anos ou mais, entre outros, continuam com a marcação disponível.      

O agendamento deve ser feito no site https://vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160. Quem tiver dificuldade deve procurar o centro de saúde mais próximo. A relação de documentos exigidos para cada grupo também está detalhada no site.  As vagas estarão disponíveis a partir do próximo dia 26, segunda-feira, quando a capacidade de imunização também será ampliada para todos os dias da semana.

As doses serão ministradas nos centros de saúde do município (com exceção das unidades do Boa Esperança, Campina Grande e Carlos Gomes) apenas com dia e horário marcados. É importante que as pessoas cheguem, no máximo, com 10 minutos de antecedência, para evitar aglomerações. 

“A vacinação em Campinas, felizmente, está muito além das nossas expectativas. Anteriormente, falamos em 600 mil pessoas vacinadas com a primeira dose no final de julho. Na verdade, devemos chegar a 700 mil, o que corresponde a 60% da população e 75% do público-alvo”, afirmou o secretário de Saúde, Lair Zambon.       

Não há possibilidade de escolha da vacina, mesmo com prescrição ou encaminhamento médico. A pessoa que se negar a receber a dose terá que assinar um documento de recusa e irá para o final da fila de imunização. Quem não comparecer no dia agendado ficará suspenso por 30 dias no sistema. As eventuais contestações poderão ser encaminhadas via recurso formalizado no Protocolo Geral da Prefeitura.     

Ampliação   

A Secretaria de Saúde informou também nesta que vai ampliar os horários de vacinação contra a Covid a partir da próxima semana. Com a mudança, os agendamentos serão abertos para 64 centros de saúde, de segunda a sexta-feira – até o momento, 63 centros de saúde vacinam uma vez por semana (nas terças, quintas ou sextas-feiras). Segundo a pasta, isso será possível devido à previsão de ampliação de envio de doses pelo plano nacional de imunização aos municípios a partir deste mês.      

A medida vai duplicar a capacidade de vacinação, que passará de 33 mil para mais de 66 mil pessoas por semana, considerando primeira e segunda doses. O objetivo é acelerar a imunização na cidade. “Com os centros de saúde fazendo 66 mil vacinas semanalmente e os centros de imunização também funcionando para aplicação da segunda dose, pretendemos chegar a 71 mil vacinações por semana”, disse a diretora do Devisa, Andrea von Zuben.       

Cada centro de saúde terá um horário reservado para aplicar as doses contra a Covid-19. Durante o horário de vacinação, as unidades farão apenas dispensação de medicamentos e atenderão casos agudos. No resto do dia, o funcionamento será normal.

Até esta segunda (19), Campinas soma 820.196 doses aplicadas da vacina, sendo que 614.900 moradores receberam a primeira dose, 187.800 já completaram a imunização com a segunda e 17.476 receberam dose única. A expectativa do secretário de Saúde, Lair Zambon, é atingir a imunização de todo o público alvo – acima de 18 anos – até dezembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor,deixe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui