Segurança do dérbi terá ‘cerco’ a estádio e terminais de ônibus

0
Vista aérea do Estádio Moisés Lucarelli, o Majestoso, palco do confronto Foto: Reprodução/Ponte Preta

A Guarda Municipal (GM) de Campinas prepara um esquema especial de segurança para o dérbi entre Guarani e Ponte Preta, pela 24ª Rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, nesta sexta-feira (17) às 21h30. O reforço na segurança ocorrerá em vários pontos da cidade e principalmente no entorno do estádio Moisés Lucarelli, palco do confronto. Haverá ainda bloqueio de trânsito nas imediações do estádio no final da tarde e monitoramento das vias com câmeras de segurança.

Apesar de a presença de público no estádio continuar proibida, devido à pandemia da Covid-19, haverá patrulhamento tanto no entorno do estádio quanto dos terminais e corredores de ônibus a partir das 17h30. O efetivo de agentes e viaturas será ainda ampliado, com rondas por bairros e vias da cidade em que tradicionalmente ocorrem confrontos entre torcedores.

O número de GMs e veículos mobilizados não foram divulgados para não prejudicar as operações, que ocorrerão em conjunto com a Polícia Militar (PM). Aglomerações não serão permitidas, segundo as polícias.

A GM confirmou ainda que o seu setor de Inteligência já começou a fazer o monitoramento preventivo das redes sociais das torcidas organizadas, com objetivo de coibir confrontos também nos dias que antecedem o dérbi. O monitoramento inclui uso de câmeras de vigilância ligadas à Central Integrada de Monitoramento de Campinas (Cimcamp).

Trânsito

A Secretaria de Transportes (Setransp) e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) também farão uma operação de trânsito no entorno do estádio no dia do dérbi, para evitar a circulação de veículos. Serão oito pontos de bloqueios e as interdições começam a partir das 18h. 

Os fechamentos ocorrem nos acessos para a Rua Casper Líbero, pelas vias Afonso Pena, Frei José de Monte Carmelo e Salvador Caruso e Fernando Costa. Também no cruzamento da Rua Capitão Pedro de Alcântara com a Rua Luzitana; e Rua Fernando Costa com a Rua Thomaz Ortale.  

A expectativa da Emdec é de encerrar os bloqueios viários por volta da 0h. Serão sete agentes da Mobilidade Urbana em atuação, em campo. Dúvidas sobre circulação podem ser esclarecidas pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor,deixe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui