Vereador passa mal ao discursar e é atendido na tribuna

0
Foto: Reprodução/YouTube

O vereador Carlinhos Camelô (PSB) sofreu um forte mal estar e precisou ser amparado ao discursar na tribuna, no início da sessão da Câmara de Campinas na noite desta quarta-feira (24). Logo no início do discurso, ele pediu ajuda ao presidente Zé Carlos (PSB) e começou a se curvar, sendo logo atendido por assessores. A sessão era transmitida ao vivo pelo site do Legislativo e o canal da TV Câmara no YouTube.

Carlinhos precisou deixar a sessão, que foi suspensa por 5 minutos para atendimento ao parlamentar. Ele foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e pelo vereador Paulo Haddad (Cidadania), que é médico, e levado para o Hospital Renascença, para passar por exames. Segundo Haddad, o parlamentar estava com pressão mais alta e ritmo cardíaco alterado, em virtude das fortes dores abdominais, de acordo com os exames clínicos realizados e histórico do parlamentar, são aparentemente fruto de uma crise aguda de gastrite.

Ele recebeu alta hospitalar ainda na noite de quarte e seu quadro clínico de saúde é estável. Carlinhos vai continuar o tratamento em casa e passará com o médico especialista para conclusão eficaz do diagnóstico médico. Por meio de assessoria, Carlinhos agradeceu “todas as mensagens de apoio, carinho e orações”.

Veja vídeo de agradecimento do vereador:

Projetos

Ainda durante a sessão, a Câmara aprovou em primeira votação o projeto de lei do vereador Juscelino da Barbarense (PL) que torna obrigatória a instalação de câmeras de segurança e monitoramento nas unidades básicas de Saúde e Unidades de Pronto Atendimento (Upas) de Campinas.

“Constantemente recebemos relatos de usuários criticando a falta de servidores nos postos, ou mesmo sobre pessoas sendo maltratadas nos atendimentos. Ao mesmo tempo, muitos servidores se queixam de truculência ou são vítimas de agressividade de pessoas. Com as câmeras, essas duas situações poderão ser identificadas para que se tomem medidas que responsabilizem as pessoas”, diz Juscelino.

Também em primeira análise foram aprovados um projeto do vereador Luiz Cirilo (PSDB) que cria a Semana de Prevenção contra a Endometriose e um outro, de Carlinhos Camelô, que reconhece o Camelódromo de Campinas como local de interesse social e turístico para o Município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor,deixe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui