Para entender o comportamento e as novas prioridades dos brasileiros na retomada das viagens, após um longo tempo sem atividades presenciais, o Airbnb encomendou uma pesquisa à IPSOS, e os resultados reafirmam a importância dos laços afetivos neste momento. De acordo com o estudo, 84% dos entrevistados planejam a primeira viagem pós-pandemia para se reconectar com a família próxima e outros parentes.

Além disso, 55% afirmam que se sentem muito ligados ao seu núcleo familiar, apesar da distância física, o que só reforça a ansiedade pelo reencontro. E 82% dizem ter preferência por viagens de carro, para perto de casa. No Airbnb, no segundo trimestre de 2021, as reservas no Brasil já superaram os níveis pré-pandemia, com predominância de viagens para destinos a até 500 km dos centros urbanos, perto da natureza, para combinar descanso em família e trabalho ou estudo remoto.

Com viagens curtas em foco, 75% dos entrevistados dizem ainda que o meio ambiente e a sustentabilidade são aspectos importantes ao considerar acomodações e destinos. No Airbnb, cidades menores, no interior ou litoral, têm se destacado na preferência dos hóspedes, como os municípios com até 50 mil habitantes. Entre eles, Cunha (SP), Itatiaia (RJ), Mata de São João (BA), Torres (RS), Camanducaia (MG), Imbituba (SC), Porto Belo (SC), Itacaré (BA), Pirenópolis (GO), Ilhabela (SP).

O estudo da IPSOS mostrou também que grande parte dos entrevistados busca locais com um toque especial, que os faça sentir em casa.

Todas essas mudanças nos padrões de comportamento dos viajantes influenciam diretamente o que eles esperam de uma estadia. Em 2021, entre as comodidades mais buscadas no Airbnb, estão wifi, cozinha equipada, acomodações pet friendly, estacionamento gratuito e ar condicionado.

Protocolo de Higienização

Aspectos de limpeza ganharam uma relevância ainda maior para os hóspedes, e estabelecer novos padrões de higienização é fundamental. O Airbnb foi pioneiro no setor de compartilhamento de acomodações nesse sentido, desenvolvendo o Protocolo Avançado de Higienização em 5 etapas, com orientação de autoridades sanitárias e especialistas internacionais, como o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), nos EUA, referência nos esforços de combate à COVID-19. O Protocolo, disponível desde junho de 2020, inclui especificações sobre como higienizar todos os cômodos de uma casa, um selo para as acomodações e é solicitado a todos os anfitriões.

A plataforma também proibiu, em agosto de 2020, festas e eventos em acomodações, para evitar aglomerações e contribuir para estadias responsáveis. E possui orientações e boas práticas também para hóspedes, disponíveis no site e com as quais eles devem se comprometer no momento da reserva. As recomendações incluem uso de máscaras e prática de distanciamento social por anfitriões e hóspedes ao interagirem. Além disso, lançou, em abril de 2021, o Canal de Apoio ao Vizinho, uma ferramenta para auxiliar as autoridades e comunidades locais e facilitar a comunicação de eventuais incidentes em reservas nas proximidades.

Pesquisa da Booking.com

São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza são as cidades que os brasileiros mais planejam visitar em suas futuras viagens domésticas. É o que aponta uma pesquisa recente conduzida pela Booking.com, realizada apenas em território nacional. A capital paulista também aparece em terceiro lugar no ranking de destinos gastronômicos que os brasileiros mais desejam, atrás apenas de Gramado e Campos do Jordão.

Viagem em família e perto de casa agora é prioridade 1

Os viajantes brasileiros já têm em mente quais cidades eles querem conhecer no futuro, sejam elas grandes ou pequenas, no campo ou na praia, ou que oferecem diferentes tipos de experiências. As cidades que os turistas de todo o Brasil mais estão planejando visitar são:

Praias: Porto de Galinhas (PE), Maragogi (AL) e Florianópolis (SC)

Destinos de natureza: Bonito (MS), Foz do Iguaçu (PR) e Chapada Diamantina (BA)

Grandes cidades: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Fortaleza (CE)

Cidades pequenas: Gramado (RS), Paraty (RJ) e Bonito (MS)

Montanha/Serra: Gramado (RS), Campos do Jordão (SP) e Petrópolis (RJ)

Destinos com oferta gastronômica: Gramado (RS), Campos do Jordão (SP) e São Paulo (SP)

Destinos sustentáveis: Caldas Novas (GO), Fortaleza (CE) e Arraial do Cabo (RJ)

As praias são os locais mais cobiçados para as futuras viagens por 60% dos brasileiros, enquanto os destinos de natureza são os mais desejados por 42% dos turistas do país. Em níveis regionais, a pesquisa revelou que 70% dos viajantes da região Sudeste pretendem visitar o litoral do país, seguidos dos turistas do Sul com 63%, do Nordeste com 60%, do Centro-Oeste com 57% e do Norte com 51%. Já explorar as paisagens naturais do Brasil será a opção de 45% de viajantes do Sudeste, 43% do Sul e 42% do Nordeste. Enquanto isso, conhecer grandes cidades é a vontade de 44% de pessoas das regiões Norte e Centro-Oeste para as próximas viagens.

A pesquisa também mostrou que a maioria dos viajantes do país gosta de explorar destinos bem longe de suas casas, dado que 60% revelaram que preferem viagens de longa distância, principalmente os turistas da região Sul (64%). Outra característica comum dos brasileiros é apreciarem viagens relaxantes (53%), enquanto 47% preferem aventuras e viagens cheias de atividades para fazer.

*Pesquisa encomendada pela Booking.com e realizada com um grupo de adultos que pretende viajar nos próximos 12 meses. No total, 1.000 entrevistados no Brasil responderam a uma pesquisa on-line em julho de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor,deixe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui